domingo, 28 de maio de 2017

Alguém sempre estará se despedindo

Os lugares pelos quais eu ando vão se distorcendo.

Memórias são guardadas nas gavetas, mas jamais tornam-se esquecimento.

O tempo é a noção que se perde mais facilmente.

Eu posso ir embora, você também pode fazê-lo.

Alguém sempre estará se despedindo.

A vida é coleção de imagens coloridas que vão ficando em preto e branco.

Os vazios são momentos bonitos vagando indefinidamente pelo universo.

No fim, apenas o fim?

Não, claro que não.

Ainda estamos sorrindo e contando histórias em algum lugar.

4 comentários:

A Casa Madeira disse...

K; Com essa tecnologia a passos largos nada se perde.
Agora fica tudo na nuvem. k.
Só para descontrair. k.
Adorei te ler.
Prazer em conhecer seu blog.
janicce.

Mila Lopes disse...

Espero que o fim seja assim...

Bela palavras.

Bjss

https://palavrandoels.blogspot.com.br/

Bruno Mello Souza disse...

Obrigado, Mila!

Beijos.

Bruno Mello Souza disse...

Muito obrigado, Janicce! Volte sempre!