terça-feira, 7 de março de 2017

Caminhos ricos e direções infinitas

No bolso, carrego uma bússola.

Os caminhos são ricos, as direções são infinitas.

Todos os anseios dessa gente que ama tanto cabem no mundo em que vivemos?

Nós somos anacrônicos, e esse é um motivo de imensa satisfação.

As certezas são racionadas, seriam elas tão desnecessárias?

Nossas almas se agigantam em nome de um ímpeto que não nos deixa indiferentes.

Podemos fazer da verdade a luz a nos guiar na escuridão da ignorância.

Estruturas inabaláveis tornam-se tão insignificantes diante da força da nossa natureza!

Nós já fizemos a nossa escolha, ela jamais teria sido diferente.

A apatia que não tira nada do lugar seria fácil e medíocre demais.

Nenhum comentário: