quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

A soma de todos os barulhos

A vida demorou, mas deu uma resposta após um silêncio torturante.

Logo, tudo fica de cabeça para baixo, basta um sopro.

As vontades do fundo da alma às vezes são insuficientes.

Os erros brilham destacadamente enquanto essas pessoas tentam acertar o tempo todo.

Não existe ausência nessa tentativa sem fim.

Os fatos distanciam-se tanto da realidade quando enfeitados pela mente.

Eles sempre são enfeiados pela mente... 

E foi tão bom aquele dia em que existimos sem medo.

Eu me senti tão humano.

E foi tão bom aquele dia em que existimos sem medo.

Eu me senti tão leve.

E foi tão bom aquele dia em que existimos sem medo.

Eu me senti tão significativo.

Mas as expectativas são uma praga.

No topo da montanha, você precisa descer assim que chegou.

A solução está no que é, nos recusamos a enxergar.

Nossos espíritos regressam e regridem a um ponto anterior à partida.

Nesses rostos não nos reconhecemos mais.

Mas nada mudou tanto assim. 

Não é difícil saber onde se está, mesmo sem saber como se chegou.

Agora o silêncio é a soma de todos os barulhos.

Nenhum comentário: