sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Uma nova forma de aprisionamento

A realidade se distorceu de acordo com suas conveniências.

O que é isso que você vê mas eu não consigo enxergar?

O lado em que as coisas estão colocadas não parece ter importância alguma.

Talvez seja apenas um mecanismo de proteção que cada um tem que escolher.

O silêncio que lhe incomoda é uma ilusão.

Aqui tudo é barulho ensurdecedor.

Perspectivas tolas estão de todos os lados, e eu não consigo concordar com ninguém.

Se você insiste em afirmar que algo não lhe perturba, talvez isso lhe perturbe.

Todos temos nossas feridas, podemos deixá-las arder sem remorsos.

A libertação está em não tentarmos nos esconder do que é tão nosso.

Tanta benevolência derramada que tenta nos calar à força é apenas uma nova forma de aprisionamento.

E tudo no molde que você deseja não significa que seria melhor.

Talvez você não saiba, mas eu sei perfeitamente disso.

Nenhum comentário: