sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

Tudo que a gente quer

Tudo que a gente quer é alguém que sorria na hora mais tola.

Tudo que a gente quer é alguém que dê o beijo inesperado.

Tudo que a gente quer é alguém para compartilhar nossas tolices.

Tudo que a gente quer é alguém com quem se possa ser integralmente o que se é, com todas as qualidades, com todos os defeitos, sem qualquer censura

Tudo que a gente quer é alguém que amanhã, e depois, e depois, ainda esteja aqui.

Tudo que a gente quer é uma mão para segurar, um cabelo para acariciar enquanto se assiste a um filme antigo ou a um desenho da Pixar.

Tudo que a gente quer é alguém para tomar um sorvete, que ajude a encontrar os adjetivos para definir o gosto.

Tudo que a gente quer é alguém que traga paz, que traga certeza mesmo nos momentos mais conflituosos e incertos.

Tudo que a gente quer é alguém que faça lembrar que, mesmo quando o mundo acaba, ele não acabou.

Tudo que a gente quer é alguém que seja, que esteja.

Tudo que a gente quer é alguém que se molhe junto na tempestade, e depois esteja junto tomando um chá quente sob as cobertas.

Tudo que a gente quer é alguém que não banalize a gente.  

Tudo que a gente quer é alguém para quem se possa dizer "Eu te amo" a qualquer hora, por qualquer motivo, sem qualquer medo ou melindre.

Tudo que a gente quer é alguém de quem se possa ouvir esse mesmo "Eu te amo" sabendo que... É amor mesmo.  

2 comentários:

CÉU disse...

É isso mesmo, meu querido! Na moche, tuas palavras, Bruno!

Se não nos "falarmos" antes, te desejo um Natal solidário e um excelente Ano Novo!

Bom domingo e melhor semana.

Beijos.

Bruno Mello Souza disse...

Obrigado, Céu! Um ótimo fim de ano pra ti também, e que 2017 seja maravilhoso!

Beijos.