sábado, 10 de dezembro de 2016

Sob o sol quente

O sol queima a cabeça.

Eu te vejo lutando.

A vida é dura, não se pode esmorecer.

Eu te vejo sobrevivendo.

De simples não há nada, o mundo não para.

Eu te admiro, e sei que em breve vou te rever. 

Nenhum comentário: