sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Perfeitamente lúcido

Uma oportunidade perfeita se despedaça em suas mãos.

Não há espaço para um vexame nos lugares em que você se esconde.

Tudo que foi aprendido se desaprendeu.

Está valendo qualquer coisa que o faça fugir.

Já não posso mais sentir prazer porque nossas banalidades ficaram confusas e esquecidas.

Preciso de algo que me mantenha com os olhos abertos e a mente alerta.

No escuro, todos ficam sozinhos, frente a frente com a verdade que a realidade não traz.

Meus caminhos se abrem, e então posso entender tudo que acontece ao mesmo tempo.

Não pode ser loucura, estou perfeitamente lúcido.

Não pode ser o fim, estou completamente atento para não me deixar sair daqui. 

Nenhum comentário: