segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

O tempo que é impossível não desperdiçar

Estamos todos presos, e não temos chance de fuga.

Estamos desperdiçando o tempo que é impossível não desperdiçar.

Os minutos passam lentamente, mas os anos passam rápido demais.

Talvez não saibamos para onde estamos indo.

Nem sequer sabemos se isso tem alguma importância.

Os sentimentos mais intensos tornaram-se um cheiro que vem e se vai em um segundo.

E tudo que tomou conta de nossas existências tornou-se vaga lembrança.

Já não sofremos, já não amamos.

A vida agora é pura banalidade.

Nenhum comentário: