sexta-feira, 14 de outubro de 2016

O gosto de todos os enganos e ilusões

Arranque esse carro, não tire o pé do acelerador.

Durante essa noite, não há nada a perder.

O cheiro é agradável, e você é o rei do mundo.

A confiança é todo o recurso necessário.

Afinal, as estrelas carregam todas as promessas que nunca caíram no esquecimento.

Mas as horas vão passando, e passando, e passando.

O que você era no início está se diluindo no copo quente.

O fim é diferente do projeto, você sabia que seria assim.

Ficou na boca o gosto de todos os enganos e ilusões.

A manhã chegou fria, tão óbvia para iluminar a sujeira que sobrou no chão. 

Nenhum comentário: