terça-feira, 9 de agosto de 2016

Que bom que Rafaela não desistiu

A medalhista de ouro Rafaela Silva, quando perguntada se em algum momento pensou em desistir do judô, disse que sim.

Aconteceu quando, ao ser eliminada nos Jogos Olímpicos de Londres em 2012, foi execrada nas redes sociais, chamada de vergonha da família e sendo vítima de asquerosos xingamentos racistas.

Já imaginaram se ela tivesse dado ouvidos aos energúmenos que a humilharam?

Mas Rafaela não desistiu. Que bom!

É uma lição para cada um de nós.

Não desista de nada na vida, não desista dos objetivos e sonhos que norteiam sua existência, por causa da imbecilidade e da pequenez alheia.

Rafaela Silva é mais uma bela história que as Olimpíadas oferecem. É, mais do que isso, uma história humana para jamais ser esquecida.     

Nenhum comentário: