sexta-feira, 15 de julho de 2016

Perdas que ficaram pelo caminho

Você traz um peso para que eu carregue em minhas costas.

Mas não esqueça, sempre é possível recusar.

Eu quero a leveza de não precisar mostrar que sou alguém.

Você nunca soube absolutamente nada das coisas que vi ou senti.

Um dia eu dei importância demasiada, mas hoje tanto faz.

Restou apenas um silêncio latejando na minha cabeça.

Há sempre uma receita pronta para esfregar na minha cara.

Eu apenas gostaria de ser alguém melhor para as pessoas que merecem.

Caminho por entre as pedras da minha própria confusão.

Tropeço nas perdas que ficaram pelo caminho.

Sei que não fiquei sozinho, mesmo após todas as tormentas.

Mas sua companhia me faz sentir tão só, de todo modo.

Tudo ficou mais claro e limpo, já não possuo mais as velhas e tolas necessidades.

Ainda posso rir de cada uma das palavras que você proferiu,

É bem melhor que fique para depois.   

Nenhum comentário: