quinta-feira, 28 de julho de 2016

No céu

Nos braços da mãe, banhada em lágrimas, o menininho, à beira da partida, já quase sussurrando, perguntou:

- Mamãe, no céu tem abre fácil que abre fácil?

E morreu.

Nenhum comentário: