quinta-feira, 9 de junho de 2016

Para nunca mais

Naquela noite, tudo fluiu com perfeição.

Ela me fitou, ela me beijou.

A vida mostrava sua faceta mais bonita.

Eu dormi feliz, eu sonhei.

Pensei que era para muito tempo.

Talvez até para sempre.

Mas era para nunca mais.

Nenhum comentário: