terça-feira, 17 de maio de 2016

Projéteis

Eu recebi uma mensagem em minhas mãos.

Sobrevivo à minha maneira, e vou inventando um novo caminho.

Marcas nas ruas e nos corpos são um alerta de onde estou.

Verdades tornaram-se mentiras sem que ninguém pudesse fazer nada.

Suas palavras são projéteis e eu aprendi a me proteger.

Não preciso mais saber o que vem pela frente.

Não preciso mais saber quem você é.

Hoje me basta quem eu sou.

E tudo ficou muito mais claro para mim.

O brilho que cega não possui qualquer beleza.

E agora eu posso saber como é bom poder enxergar.

Nenhum comentário: