domingo, 1 de maio de 2016

Dormir em paz

Tudo se acalmou.

A claridade entra pela janela.

Minha cabeça dói.

Mas isso não tem importância.

Estou mais leve.

Posso dormir em paz.

Pelo menos por hoje. 

Nenhum comentário: