sábado, 9 de abril de 2016

Tortura contemporânea

- Zé Bagaça, pode tirar a venda e a mordaça desse safado. Isso, isso.
- Tô com sede, preciso de água, por favor.
- Depois a gente te dá água.
- Por favor... O que vocês querem de mim? Tô com muita dor.
- Tu não sabe, mané?
- Não... Por favor... Não sei.
- Vou ter que perguntar pela milionésima vez, é, vagabundo?
- Não sei de nada... Eu não sei!
- Eu sei que tu sabe onde tá o Mano Repolho. Eu sei que tu conhece ele bem!
- Não... Er... Não!
- Vai querer levar mais choque, safado? Que tal mais umas porradas na cara?
- Eu não posso. Não, não posso.
- Não pode, é?
- Não! Não posso e não vou dizer nada. Pode fazer o que quiser.
- Dá uma olhadinha nessas fotos. Tá vendo?
- Não... Perdão.
- Sim! Sim! E sim! Sei onde tua mulher trabalha! E olha aqui a casa de vocês! E o colégio das crianças! Não quer pensar melhor? De repente pensar onde posso encontrar o Mano Repolho?
- Não posso... Eu não posso...
- Vai tomar choque! Coitada da tua família!
- Covarde! Pode ameaçar! Canalha!
- Não vai contar?
- Não, não vou! Não vou!
- É mesmo, é?
- Não conto!
- Será que vou ter que amputar o outro bracinho?
- Não digo! Pode cortar! Vai lá! Eu não digo! Não digo! 
- Humm... Vou pensar sobre isso... Mais uma coisinha... Zé Bagaça, traz aquele computador aqui! Isso.
- O que você vai fazer?
- Tu tá assistindo How I Met Your Mother, né, vagabundo?
- O que tu quer fazer?
- Eu tenho umas cenas aqui... Sabe o que acontece com o Ted? Sabe com quem ele termina a série?
- Nããããão!! Por favor!!! Eu te imploro!!! Não faz isso!
- Ele fica com a... a...
- Nãããããããããããããão! Não! 
- Com a... Lily? Será?
- Por favor, chega! Chega!!!
- Ou... Com a Zoey? Será?
- Pelo amor de Deus, pare! Eu te implooooro!!!
- Fiquei sabendo que tu tá acompanhando Breaking Bad também... E não terminou ainda, né?
- Não, não, não, isso não. Isso não. Não, não, não, não.
- O Walter, ele... No fim, ele vai...
- Chega!!!! Chega! Chega! Nãããããão!!
- E tem o Hank, né? Tu não vai nem acreditar no que acontece com ele... E com o Jesse...
- Não, chega, não, por favor! Por favor!
- Walking Dead, tu curte também, né?
- Chega, chega!
- O Rick... Ah, o Rick... Vai acontecer um troço que... Nossa... E o Glenn? Uau...
- Pelo amor de Deus, nãããããããão!!! Chega! Chega! Por favor, por favor...
- Acontecem umas coisas que...
- Tá, ok, ok. O Mano Repolho tá na Avenida Júlio de Carvalho, 78, apartamento 243. Fica bem na frente da padaria Pão Gostoso.      
- Hummm... Bom garoto. Zé Bagaça, pode soltar esse aí. Só não vai contar nada pra polícia, safado!
- Pode deixar, eu não digo. Isso aqui nunca aconteceu. Tá certo, tá certo... 

Nenhum comentário: