quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

Pés sobre a linha

Estamos andando, correndo, vagando.

Esperamos pelo fim quando estamos no meio.

E na verdade seguimos com medo de chegar.

Bem no final, o vazio.

Nossos pés sobre a linha, a chama que se apaga numa fração de segundo.

Não há coincidências, mas tudo parece caótico.

Mas agradecemos sem a menor ideia do ponto em que estamos.

No céu, a dádiva.

Na cama, o tormento.

Em mim, o lamento.

Nenhum comentário: