segunda-feira, 19 de outubro de 2015

Nova lição

Eu aprendi uma nova lição enquanto fiquei aqui.

Talvez isso não fosse necessário, mas eu busquei algo para me martirizar.

Foi uma escolha, sim, eu sou consciente disso.

Você banaliza todos os dias as palavras mais sagradas.

Talvez seja uma questão de hábito, e de dar pouca importância.

Talvez eu esteja entendendo a forma como o mundo gira.

Vejo as coisas que você expõe, eu não acredito em nada disso.

Vejo as coisas que você quer ser e não consegue, e permaneço sem acreditar.

Antigamente eu me preocupava com os lugares aos quais eu não ia, com as coisas que eu não vivia.

Mas agora sei como eliminar qualquer dor.

E sei como não priorizar o que jamais foi priorizado por você.

Tudo é tão igual.

Tudo é tão repetitivo.

Tudo é tão trivial.

Tudo é tão enjoativo. 

Nenhum comentário: