domingo, 4 de outubro de 2015

Brinquedos quebrados

O vento é sua única companhia no deserto.

Tudo em que você acreditou, tudo se foi.

Fantasias são brinquedos quebrados.

Ilusões são o fim das coisas que um dia tiveram forma.

Mais uma palavra, mais um engano.

Mais uma frase bonita, mais um século de esperanças vãs.

Numa rua qualquer, a melodia que vem de algum apartamento parece trazer uma resposta.

Respostas não existem enquanto você estiver neste lugar.

Os dias mais bonitos já passaram, alguma prova sempre se faz necessária.

A realidade cai sobre a sua cabeça, levando suas lembranças.

Pessoas fogem para ficar no meio do caminho.

Esse conformismo me parece extremamente patético.

Não me faço entender, isso é ótimo.

Não me faço entender, é sinal de que estou saudável.

Nenhum comentário: