domingo, 20 de setembro de 2015

Esfregue seus olhos

Você está chorando sem motivos.

Tantas certezas nesse mundo são falsas.

Observe bem, sinta o cheiro que irá lhe guiar.

Num pequeno descuido, nos tornamos reféns.

Sei disso melhor do que ninguém.

E você pensa que passou, mas continua presente.

Abra o embrulho, descubra-se mais uma vez.

Abra o embrulho, descubra-me pela primeira vez.

Por que você acha que eu esqueci?

Por que você tem tanta certeza de que eu esqueci?

Esfregue seus olhos, olhe melhor.

Talvez o esquecimento seja seu.

Esfregue seus olhos, olhe melhor.

Eu estou bem aqui.

4 comentários:

CÉU disse...

Olá, Bruno!

Quanta imaginação ou realidade!
Afinal, basta abrir os olhos e os esfregar para enxergar coisas e pessoas, k estão mesmo ao nosso lado.

Beijos e boa semana!

Bruno Mello Souza disse...

Muito obrigado pela visita, Céu!

Beijos e boa smeana.

CÉU disse...

Bom dia, Bruno!

Agradeço visita e engraçadíssimo comentário em meu blog.
Tua foto de perfil está tão "curtida". Amei tua espontaneidade e atitude fotográfica.

Boa semana.

Beijos

Bruno Mello Souza disse...

Obrigado, Céu!

Beijos e boa semana.