quinta-feira, 9 de julho de 2015

Promessa

Pare aí, a brincadeira chegou ao fim.

Tire suas mãos imundas, não há nada para conversar.

Mais acima, quase na divisa, suas nádegas foram golpeadas com força.

Eu tenho certeza de que ela tinha razão.

Nem todas as bruxas têm estômago para comer sua sujeira.

Algum dia pareceu que o que você fazia tinha alguma importância.

Não lamento informar que todos riem da sua cara enquanto você está se masturbando.

Acredite, ninguém acredita no que você finge que é.

Limpe esse chão com a língua, saboreie aquilo que é quase sua extensão.

Que nojo! Você pode fazer melhor do que isso!

E agora tudo será resolvido.

Eu fiz uma promessa, e vou cumpri-la.

Eu fiz uma promessa, e vou cumpri-la.

Eu fiz uma promessa, e vou me divertir.      

2 comentários:

CÉU disse...

É bom k se cumpram as promessas, sim.
Há pessoas k não prestam, mesmo, e há atitudes k, simplesmente, abomino.

Bom fim de semana.

Beijos, Bruno!

Bruno Mello Souza disse...

Olá, Céu!

Muito obrigado pela visita!

Bom fim de semana pra ti também.

Beijo.