quinta-feira, 16 de julho de 2015

Àqueles que amo

Àqueles que amo, dedico cada segundo.

Àqueles que amo, dedico cada palavra.

Àqueles que amo, dedico cada sonho.

Àqueles que amo, dedico cada riso.

Àqueles que amo, dedico cada realização.

Àqueles que amo, dedico uma colherada de doce de leite.

Àqueles que amo, dedico a música cafona que diz tudo que sinto.

Àqueles que amo, dedico a imagem de um jardim repleto de flores.

Àqueles que amo, dedico a luz do sol e a brisa que refresca.

Àqueles que amo, dedico meus tolos mas sinceros versos.

Àqueles que amo, dedico aquilo que sou.

2 comentários:

CÉU disse...

Já serei um desses, Bruno? Lindo, seu post!
Bom fim de semana.
Beijos.

Bruno Mello Souza disse...

Muito obrigado pela visita, Céu!

Beijos e bom fim de semana.