domingo, 7 de junho de 2015

O carteiro, o poeta, e o Grêmio

Antonio Skármeta escreveu poema sobre o Grêmio.

Diz nele:

"Kleber Barcos, Barcos Kleber
Kleber Barcos, Barcos Kleber
Barcos Vargas y Grêmio campeón"

Óbvia e inevitável conclusão: esse sujeito é realmente bom na hora de criar uma ficção.

Nenhum comentário: