sábado, 6 de junho de 2015

Monopólio da nobreza

Eles querem mandar no que eu digo.

Eles querem mandar no que eu faço.

Eles querem o monopólio da nobreza.

Eles querem o monopólio da pobreza.

Eles querem mandar no que eu penso.

Eles querem mandar no que eu quero.

Bem-intencionados pra me doutrinar.

Bem-intencionados pra me dominar.

No conforto, palavras repetidas, em argumentos frágeis e bem ensaiados.

Um bando de idiotas salivando aplaude.

No conforto, a banalização do que é justo e injusto.

E um bando de idiotas salivando se deleita.

Mas as medidas são sempre diferentes.

E eles querem que todos peçam desculpas.

Porque todos os que discordam são a face do mal.

E eles, tão contrários a maniqueísmos, são os santos salvadores.

E eles, tão contrários a maniqueísmos, se colocam como a única face do bem.

Sabem bem o que é melhor pra mim.

Sabem bem o que é melhor pra você.

Sabem bem o que é melhor pra todos.  

E se você não estiver na mesma onda, prepare-se.

Porque eles vão lhe perseguir.

Eles vão lhe violentar.

Eles vão lhe destruir, sempre em nome da paz e do amor.

Nenhum comentário: