sábado, 27 de junho de 2015

Entre o amargo e o doce

O chão do caminho da vida é muito duro, para muitos.

E tudo o que passou às vezes deixa um gosto amargo na boca.

Mas há doçura quando você encontra algo para amar.

É simples esse jeito de viver, deixando a brisa tocar o rosto.

Nada está parado enquanto estamos sentindo.

A dor, então, não passa de uma fuga.

Busque o tesouro que faz seus olhos brilharem, mesmo que ele pareça não valer nada para quem nada sabe desse sentir intenso. 

Viva este sonho nas profundezas de sua alma, sem que palavras azedas lhe impeçam de continuar.

É isso que nos move, é isso que nos torna o que verdadeiramente somos.

Você tem tudo de que você precisa em seu coração.

E todas as coisas fora dele são mentiras para que você jogue sua vida fora, como tantos e tantos fazem por aí.


2 comentários:

CÉU disse...

Que linda, reflexiva e construtiva mensagem!
É isso mesmo. Só o coração sabe o melhor caminho para nós.

Beijos, querido Bruno!

Bruno Mello Souza disse...

Muito obrigado, Céu!

Beijos!