domingo, 10 de maio de 2015

Mesmo que chova

Esse chão tem muitas pedras, o caminho é espinhoso.

Os oásis prometidos são pura ilusão, não adianta se enganar.

Eu sempre lhe avisei que não seria fácil.

Eu sempre lhe alertei para as armadilhas.

Mas estou aqui para lhe dar minha mão.

Lado a lado chegaremos a algum lugar que seja nosso.

Não se preocupe, mesmo que chova, estarei bem aqui.

E quando o céu abrir, colheremos flores para enfeitar a sua cabeça.

Em minha mochila, cabem todos os sonhos do mundo.

E no meu peito, cabe todo o amor do mundo.

Se ao fim da estrada, houver apenas um abismo escuro, não teremos perdido nosso tempo.

Terá valido a pena porque teremos caminhado juntos.

Nenhum comentário: