sábado, 7 de março de 2015

Mais vivos!

Tome um café ou um copo d'água.

Há muito mais dessa vida pela frente.

Corremos neste sangue, somos a resistência.

Então não baixe a cabeça.

Uma chicotada a mais, cuspa no rosto destes senhores.

Pisoteie os dogmas destes espíritos pobres, indigentes.

Nada disso tem valor, eles sobrevivem de seus pequenos espetáculos deprimentes.

Não, eles não sabem que viver é bem mais.

Eles não conhecem o sabor de um sorvete de doce de leite numa tarde de sol.

Eles desconhecem a inspiração invadindo os pulmões.

Eles não sabem nada deste amor que compõe cada célula do que somos.

E não sabem nada da gostosa sensação de se manter de pé, com um sorriso no canto da boca ferida.

Isso é tudo o que somos.

Tão pequenos na vastidão do universo.

Tão bons na arte de desafiar falsas grandezas e tolas vaidades.

Tão vivos, mais vivos, mais vivos! 

Nenhum comentário: