segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

Aprecie o caminho

Não há promessas ou juramentos que ultrapassem o agora.

E nós sabemos que o agora é eterno.

Então, nada pode ser maior do que isso.

O máximo era tão mais simples, consegue perceber?

Onde está o amanhã? Não podemos tocá-lo.

Aqui estamos, e a velha vontade do instinto.

Algo mais importa para além do que somos neste momento?

Os caminhos são tortos, e você não sabe como chegar.

Mas isso não faz a menor diferença.

O oásis talvez seja uma mentira.

Você procura por si ao longe, mas já se encontrou.

Você procura por si ao longe, mas você está em cada passo que dá.

Então aprecie a paisagem, e deixe o vento beijar sua face.

Então aprecie o caminho, e deixe-me beijar sua face.   

Nenhum comentário: