quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

Não sabe o que quer

Ele não sabe o que quer.

Pode ser um copo de suco de laranja, ou uma noite inesquecível.

Pode ser uma piada boba, ou um beijo libertador.

Pode ser uma lembrança, ou uma frase que mude o sentido de todos os seus dias. 

Pode ser um vento no rosto, ou a realização de seu maior sonho.

Pode ser uma barra de chocolate, ou todo o amor existente no mundo.

Pode ser um riso despretensioso, ou a lágrima da maior realização de sua existência.

Ele não sabe o que quer.

Ele não quer mais sua vida, ele quer viver.

Ele não sabe o que quer.

Ele não quer mais perder nenhum segundo, mas este segundo já se foi, e outro, e outro...

Ele não sabe o que quer.

Ele não quer mais o que lhe leva a um vazio sem cor.

Ele sabe bem o que quer. 

Nenhum comentário: