domingo, 7 de dezembro de 2014

Lembranças

Quando me corto, eu me lembro de você.

É meu curativo.

Quando o dia anoitece, eu me lembro de você.

É minha luz.

Quando o frio chega para congelar, eu me lembro de você.

É minha lareira.

Quando a solidão chega para assombrar, eu me lembro de você.

É minha companhia.

E quando penso que vou morrer, eu me lembro de você.

É minha vida.

Nenhum comentário: