sábado, 22 de novembro de 2014

Deixe o tempo voar

Quando eu era criança, você me ensinou sobre o amor.

Envelheci, embruteci.

Tudo parecia mentira, e eu queria verdades cortantes.

Eu precisava me revoltar com algo, eu precisava me encontrar.

Hoje vejo que você falava a verdade, e que havia ago bom dentro de mim.

E se nesse momento está difícil respirar, tenha certeza de que vai passar.

Toda dor passa.

Estamos juntos, desde sempre.

Agora eu posso entender as coisas que você me falava.

E descanso comigo mesmo.

Então, descanse também, deixe o tempo voar.

Em breve, tudo ficará bem, eu posso garantir.

Nenhum comentário: