terça-feira, 1 de abril de 2014

O país da Veja e o meu país

O colunista da Veja, Felipe Moura Brasil, acha que esse negócio de que existe machismo e cultura do estupro no Brasil, é bobagem de feminista.

Definitivamente, eu e a Veja não vivemos no mesmo país.

No país da Veja, não existe machismo e cultura do estupro. No meu, existe isso: http://www.jornalnh.com.br/_conteudo/2014/03/noticias/regiao/29674-delegacia-da-mulher-prende-suspeito-de-estupro-em-novo-hamburgo.html

No país da Veja, não existe machismo e cultura do estupro. No meu, existe isso: http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2013/10/1353728-estudante-sobre-tentativa-de-estupro-dentro-do-campus-da-usp.shtml

No país da Veja, não existe machismo e cultura do estupro. No meu, existe isso: http://www.geledes.org.br/areas-de-atuacao/questoes-de-genero/265-generos-em-noticias/24104-organizadora-do-eu-nao-mereco-ser-estuprada-recebe-ameacas-de-estupro-por-sakamoto

No país da Veja, não existe machismo e cultura do estupro. No meu, existe isso: http://www.ofluminense.com.br/editorias/policia/mulher-e-vitima-de-estupro-dentro-de-casa-na-ro

No país da Veja, não existe machismo e cultura do estupro. No meu, existe isso: http://institutoavantebrasil.com.br/estupro-em-sp-cresceu-230/

No país da Veja, não existe machismo e cultura do estupro. No meu, existe isso: http://wp.clicrbs.com.br/ultimasnoticias/2012/10/05/jovem-e-estuprada-dentro-de-campus-da-ufrgs-em-porto-alegre/

No país da Veja, não existe machismo e cultura do estupro. No meu, existe isso: http://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2014/02/07/mp-da-bahia-investiga-banda-por-clipe-com-suposta-apologia-a-estupro.htm

No país da Veja, não existe machismo e cultura do estupro. No meu, existe isso: http://noticias.terra.com.br/brasil/policia/sp-25-encoxadores-foram-presos-por-infiltrados-em-trens,df778a908b6f4410VgnVCM5000009ccceb0aRCRD.html

No país da Veja, não existe machismo e cultura do estupro. No meu, existe isso: http://www.oblumenauense.com.br/site/tentativa-de-estupro-dentro-de-uma-loja-em-blumenau/

No país da Veja, não existe machismo e cultura do estupro. No meu, existe isso: http://www.osaogoncalo.com.br/site/polícia/2014/3/26/58823/jovem+reconhece+suspeito+de+estupro+em+hospital+de+são+gonçalo

No país da Veja, não existe machismo e cultura do estupro. No meu, existe isso: http://atarde.uol.com.br/bahia/salvador/materias/1485514-caso-new-hit-jovem-revela-terror-vivido-no-onibus-da-banda

No país da Veja, não existe machismo e cultura do estupro. No meu, existe isso: http://celebridades.uol.com.br/album/2013/04/11/gerald-thomas-tenta-levantar-saia-de-nicole-bahls-durante-lancamento-de-livro.htm#fotoNav=12

Realmente... Não sei de onde inventaram esse negócio de machismo e cultura do estupro! 

2 comentários:

Fernando disse...

Olá Bruno
Ainda bem que nem todo mundo acredita neste mundo criado pela Veja hem. Estou me formando em jornalismo e, a cada dia, fico mais indignado com o jornalismo praticado por profissionais desta revista.
Bela reflexão
Grande abraço
Blog Fernu Fala II

Bruno Mello Souza disse...

Olá, Fernando!

Muito obrigado pela visita e pelo comentário.

Um grande abraço.