quarta-feira, 2 de abril de 2014

Lógicas e irracionais

Os dias passaram, é tanto tempo.

Ainda sou o mesmo, e quantas vezes eu repito isso?

Sei que já não tenho saída, então apenas não me acorde.

Mantenha-me vivo, preciso disso.

Não havia nada demais, mas o que aconteceu naquele fim de semana?

Caí na vala comum, eu queria ser mais do que isso.

Diga a melhor verdade, ou minta pelo meu bem estar.

Pareço egoísta, apenas sou honesto.

Estou sentindo dor, mas finjo não sentir nada.

Tão pouco é tanto, perfurando minhas entranhas.

As conexões são lógicas, mas totalmente irracionais.

Criando um iceberg a partir de um cubo de gelo.

Abaixo da água, não há nada.

Abaixo da água, toda a minha angústia. 

3 comentários:

Mariana Leal disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Mariana Leal disse...

Olá, acabo de visitar seu blog e segui-lo. Lhe desejo foco, sucesso e força. Que conquiste muitas realizações através do mesmo. E também convido você e seus/suas leitores/leitoras a conhecer o meu blog: toobege.blogspot.com.br . Beijinhos e espero você lá também *0*

Bruno Mello Souza disse...

Olá, Mariana!

Muito obrigado pela visita, pelas palavras, e por seguir o DC.

Certamente vou retribuir a visita.

Beijo.