quinta-feira, 10 de abril de 2014

Cidade Baixa

Cidade Baixa, sonhos altos.

Das cores, da liberdade.

Cidade Baixa, às vezes refém.

Mas, mesmo assim, sempre acolhedora.

Cidade Baixa, xis e ípsilon.

Apenas uma noite de deliciosa embriaguez.

Cidade Baixa, cerveja gelada.

Para mim, com os meus.

Cidade Baixa, Gre-Nal no bar.

Um golaço com fritas, por favor.

Cidade Baixa, do beijo apaixonado.

Abraçados pela José do Patrocínio.

Cidade Baixa, do amor apagado.

Voltando sozinho, cabeça baixa, pela Lima e Silva.

Cidade Baixa, vida, pedaço de mim.

Corpo e alma sedentos e famintos, sob as luzes da João Alfredo.

Cidade Baixa, sorriso e lágrima.

Cidade Baixa, dança e perplexidade.

Cidade Baixa, quases e tudos, tudos ou nadas.

Cidade Baixa, céu e purgatório.

Cidade Baixa, eu e todos.

Nenhum comentário: