terça-feira, 7 de janeiro de 2014

Lua

Lua linda no céu, crescente dentro do meu peito.

Te admiro, não posso te tocar.

Seu brilho em meus olhos, tanta vontade.

Te amo, não posso te amar.

Chega o Sol, te leva de mim.

Te desejo, e como não te desejar?

Agora espero a próxima noite, doce e melancólica contemplação.

4 comentários:

Fernando disse...

Olá Bruno
Quanto tempo não leio um poema tão legal sobre a lua. :)
Grande abraço
Blog Fernu Fala II
Siga no Twitter

Bruno Mello Souza disse...

Olá, Fernando!

Muito obrigado pela visita!

Abraços.

Mariazita Azevedo disse...

Bom dia, Bruno
Entrei aqui por acaso, e devo dizer que gostei de seu espaço.
Gosto imenso da lua, sempre que ela está visível ponho-me a admirá-la, exerce sobre mim grande atracção.

Fiz-me sua seguidora e voltarei sempre que for possível.
Quer visitar o meu cantinho? Gostaria muito de o ver por lá.

Um muito feliz ano de 2014.

Beijinhos
Mariazita
(Link para o meu blog principal)

Bruno Mello Souza disse...

Olá, Mariazita!

Muito obrigado por seguir o DC!

Estás convidada a voltar sempre, será um prazer recebê-la por aqui.

Um ótimo 2014 pra ti também.

Abraços.