quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

Cenário bucólico

Lá estava ele, sentado na velha cadeira.

Seu rosto estava calmo, não havia mais nada que lhe afligisse.

Convidou-me para que me juntasse.

Tinha muitas velhas histórias.

Contos de quando foi um rei.

Grandioso, lembrou-se das coisas que ganhou.

Generoso, falou-me de tudo o que perdeu.

E do quanto sem poder nos tornamos mais livres.

Observamos o cenário bucólico.

Ouvimos os sons que denotam a vida permanente, não a morte lenta e angustiante.

Ele tem o pouco de que precisa, suficiente para ter paz nos dias que ainda lhe restam.

2 comentários:

Fernando disse...

Olá Bruno
Há momentos na nossa vida que tudo que nos resta são lembranças. Por isso quero tentar viver sempre da melhor forma para que possa contemplar um dia um cenário bucólico repleto de boas lembranças
Grande abraço
Blog Fernu Fala II
Siga no Twitter

Bruno Mello Souza disse...

Olá, Fernando!

Muito obrigado pela visita e pelo comentário.

Abraço.