sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

Mesmas coisas

Apague todas as luzes.

Assim, enxergaremos bem melhor.

Histórias de dor, angústia, erros, tudo tão humano.

Somos as mesmas coisas, não temos porque nos esconder.

Se você chorar, eu vou beber todas as suas lágrimas.

Então não se preocupe, apenas viva.

Estarei aqui, conheço essa estrada melhor do que ninguém.

Então não se preocupe, apenas siga o ritmo do seu coração.

Se a presença não se foi até agora, não faz sentido tornar-se ausência justo nesse momento.

Estarei aqui, as divindades que me perdoem, mas quero apenas ser esse mortal de carne e osso.

Nenhum comentário: