quarta-feira, 25 de dezembro de 2013

Feliz Natal!

Independentemente de crenças.

Independentemente de questionamentos.

Independentemente de ideologias.

Independentemente até da certa crueldade de uma data transformada em paraíso de um consumo excludente.

Desejo a todos os leitores do DC um ótimo Natal, absorvendo o que de melhor a ocasião pode trazer.

Desejo muita felicidade. 

Felicidade de verdade, não essa coisa pré-fabricada, superficial e vazia que tentam, dia após dia, fazer-nos engolir à força.

E, desejo, cada vez mais, simplicidade.

Nos dias de hoje, ser simples está se tornando algo muito complexo.

Mas, creio eu, ainda é necessário.

E faz um bem danado.

Nenhum comentário: