terça-feira, 19 de novembro de 2013

Ficar ou voar

Água no copo, estou embriagado sem consumir nada.

Os pensamentos me fazem sentir assim.

Estou esperando para ser livre.

Então vamos ser livres juntos.

Não sou eu que não quero.

E se tivesse apenas um pedido a fazer, você saberia melhor do que ninguém.

Quando escurece, sinto-me esmagado.

Mas nunca posso falar sobre isso.

Venha, me dê sua mão.

Ficar é tão perigoso quanto voar.

Abaixo da terra. alguns se foram sem que seu dia tenha chegado.

E eu sou um louco que se recusa a terminar assim.

Respire fundo, venha comigo.

Não olhe para trás, não olhe para baixo.

Vamos ultrapassar as nuvens, vamos para onde não há mais tempestades. 

Sei que pode parecer difícil, mas nós temos asas que brotam de nossas costas quando nos ligamos de alguma forma.

Nenhum comentário: