quinta-feira, 5 de setembro de 2013

5 anos de Dilemas Cotidianos

Hoje, 6 de setembro de 2013, o DC está completando 5 anos de existência.

Meia década não é pouca coisa.

Já considero o DC como um grande amigo, querido, sem o qual hoje é difícil me imaginar.

Gosto muito desse espaço aqui.

É um exercício de liberdade.

Ele vai mudando comigo.

Não é um blog de humor.

Não é um blog de esporte.

Não é um blog de poesia.

Não é um blog de crônicas.

Mas é, ao mesmo tempo, tudo isso.

É, inegavelmente, um pouco de mim.

Aqui, não tenho compromisso com nada.

Talvez, nem comigo mesmo.

E isso é uma delícia.

Simplesmente escrevo o que sinto, o que penso, o que tenho vontade de escrever.

E, por mais que possa parecer complexo, aquilo que tenho vontade de escrever nem sempre se coaduna com o que sinto ou penso.

Essa vontade por vezes transgride a mim mesmo, adquire uma força espantosa que me atravessa e me desafia.

Aqui, não a contenho; permito seu extravasamento; dou-lhe vida e alimento.    

É uma liberdade da qual faço questão.

Meus anjos, meus fantasmas, meus demônios, também se manifestam aqui. 

E não são poucas as vezes em que chego a invejá-los um pouco, a admirá-los, tão mais livres do que eu, e ao mesmo tempo, aprisionados em mim mesmo.

É essa amplitude, esse descompromisso, essa gama de possibilidades que dou a mim mesmo, que me fazem ter tanto prazer em escrever aqui.

Agradeço, nesse aniversário, a todos aqueles que lêem, prestigiam e de alguma forma, mesmo que por um dia, em um texto, em uma linha ou em uma frase, se identificaram com o que aqui escrevo.

Em comemoração a esta data, nos próximos dias teremos o já tradicional especial de aniversário do DC, com os 10 melhores textos do blog no ano que se passou.

Estão todos convidados a acompanhar.  

Nenhum comentário: