quarta-feira, 11 de setembro de 2013

5 anos de Dilemas Cotidianos- 6ª posição: Cartão de crédito

Recusar um cartão de crédito pode ser mais difícil do que se imagina... Fiquem com o sexto colocado no especial de 5 anos do DC, originalmente publicado no dia 21 de novembro do ano passado.

..................................................................

- Alô, bom dia!
- Bom dia!
- É da casa do senhor Renato?
- Sim, é ele mesmo quem está falando.
- Ótimo, senhor Renato. Meu nome é Viviane e gostaria de lhe fazer uma proposta. O senhor já tem o cartão de crédito Vaza?
- Não...    
- O senhor não gostaria de tê-lo?
- Hum... Não...
- Sério?
- Sim, sério. Não quero.
- Mas... Por quê?
- Sei lá... Simplesmente não quero.
- Tá... Mas qual o motivo?
- Porque não, ué.
- "Porque não" não é resposta.
- Eu tenho que ficar me explicando agora?
- Claro! Todo mundo gosta do nosso cartão. 
- Não é questão de gostar ou não gostar, minha querida. É questão de querer ou não querer.
- Mas se o senhor gosta, por que não quer?
- Eu não disse que gosto.
- Então não gosta!
- Isso não interessa! Apenas não quero essa porcaria!
- O que a gente fez pro senhor, hein?
- Nada, moça! Vocês não fizeram nada!
- Fala pra mim! Não adianta nada deixar essas coisas guardadas! Eu sei que o senhor já teve o nosso cartão e cancelou! Sem dar nenhuma explicação!
- Deixa pra lá... O que passou, passou...
- Fala pra mim o que houve... Pelo amor de Deus!
- Ah... Deixa pra lá...
- Fala! Fala! 
- Ah... É que uma vez a fatura veio errada... Cobraram umas taxas indevidas...Foi melhor cancelar... Acredite em mim!
- Mas dessa vez nós vamos mudar! Prometo! Por favor! Dê mais uma chance pra isso dar certo!
- Não, não... Melhor não...
- Lembra daquela tv que você comprou no nosso cartão? E aquele jantar? Será que você já esqueceu de tudo isso? Será que nada disso tem valor? É isso mesmo?
- Poxa, moça... Eu sei que foi bom... Guardo essas lembranças com carinho... Mas passou...
- O senhor tem outro cartão, né?
- Hein?
- Pode dizer! Pensa que eu sou boba! Tá achando que sou alguma idiota?
- Bom... Eu... Eu tenho o Monster Card...
- Viu só? Eu sabia! Eu sabia! Cachorro! Aposto que não tinha passado nem um mês do cancelamento do nosso cartão!
- Na verdade eu tinha os dois desde antes...
- Canalha! E agora vem dizer isso!
- Mas...
- Cachorro! Vagabundo! Andou comprando muitas coisinhas, é? Tablet, geladeira, vídeo game? O que mais, hein? Com o nosso cartão era um parto pra comprar alguma coisa de mais de cem reais! Fica com a porcaria do seu Monster Card! Vou encontrar o primeiro pobre da rua e oferecer o nosso cartão! Você vai ver só!
- Bom... Faça isso!
- Eu te odeio! Te odeio! Não me procure mais!
- Mas... Foi você que me ligou...
- Canalha! Crápula! Você não merece os nossos cartões, mesmo! Meu Deus, que estúpida que eu fui de querer te oferecer os nossos planos de novo! Até nunca mais!
- Tá bom... Tchau... Boas vendas...

2 comentários:

Ritinha disse...

(rs*)
Que doidera divertida.. eu não gosto de cartões de crédito, e não tenho.
bjs
Ritinha

Bruno Mello Souza disse...

Hehehe!

Muito obrigado pela participação, Ritinha!

Beijos.