domingo, 4 de agosto de 2013

Verde no branco

A noite está no meio.

Estamos longe de terminar.

Os sentidos estão mais aguçados, pare, ouça, veja, fale.

Tudo é genial e estúpido, mas tudo nos diverte.

Então é verde no branco, diluindo com calma.

Traga mais chocolate, e isso ficará mais doce.

Traga mais fogo para que acendamos novas esperanças.

E vamos rir, e rir, e rir.

Talvez o sol não volte, mas está bom assim.

Vamos apenas rir, e rir, e rir.

E se estamos lacrimejando com os dentes arreganhados, é porque estamos felizes.

Então vamos apenas rir, e rir, e rir...

Nenhum comentário: