quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Ontens, hojes e amanhãs

As nuvens foram embora mais uma vez.

Para sempre, ou só até amanhã?

Não sei, e é melhor assim.

Ainda que o céu não esteja azul o suficiente, ele é o meu alento para seguir.

Tantos foram os ontens que me feriram.

Muitos hojes permaneceram vazios e sem respostas.

E quantos foram os amanhãs que me frustraram? 

Estou optando por esta ignorância condenável, mas que não me afunda na lama.

Não há sonhos na escuridão.

Então me leve e apenas me abrace.

No meio de tantas mentiras, aponte-me a verdade.

Ajude-me a fazer alguma coisa certa, pois cansei de errar.

Diga-me que no horizonte há alguma esperança.

Pois é apenas disso que estou precisando.

Renascer, sentir-me vivo novamente.

Rasgar meu peito, e tirar a placa de ferro que coloquei tempos atrás.

E ser um palhaço feliz, que ama sem medo de chorar.

......................................................................................
Participe da campanha de doação de medula óssea e concorra a uma camiseta e um dvd oficiais do Inter. Mais informações em: http://dilemascotidianos.blogspot.com.br/2013/08/campanha-de-doacao-de-medula-ossea.html   

Nenhum comentário: