sábado, 31 de agosto de 2013

Campanha de doação de medula óssea: concorrentes inscritos para o sorteio de camiseta e dvd do Inter

Abaixo, segue o link no qual constam os concorrentes inscritos para o sorteio de camiseta oficial e dvd do Internacional, conforme as normas previamente estabelecidas neste espaço:


- O sorteio será baseado na extração do primeiro prêmio da Loteria Federal do dia 7 de setembro de 2013. Ganhará aquele que acertar o número sorteado. Caso ninguém acerte, valerão os quatro últimos dígitos, e assim sucessivamente, até que haja um ganhador.

- Em caso de empate, ganhará o prêmio o e-mail recebido antes no endereço bmellosouza@yahoo.com.br.

Desejo sorte às concorrentes, e desde já agradeço pelo gesto de terem realizado o teste de compatibilidade. E àqueles que não se inscreveram a tempo, reitero o convite para que façam o teste e se coloquem como doadores de medula óssea. É um ato simples, singelo, mas que pode salvar vidas. A campanha, afinal de contas, independentemente do sorteio, continua valendo.

Como ajudar?

O teste de compatibilidade para doação de medula óssea pode ser feito no hemocentro da sua cidade. O pré-requisito para o doador é ter entre 18 e 55 anos. No local, será coletada uma quantidade de 5 ml de sangue, pelo braço, e o potencial doador preencherá uma ficha de informações pessoais. Após isso, o sangue será tipificado por meio de exame de histocompatibilidade (HLA). Os dados serão cruzados com os dos pacientes que necessitam do transplante de medula.

Uma vez que tal compatibilidade seja encontrada, haverá a necessidade de novos exames de sangue. Se esses exames corroborarem a compatibilidade, o potencial doador será consultado para confirmar o desejo de realizar a doação.

sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Empate e impasse

Corte na pele, fina e tão sensível.

Como um vício que não se vai.

Caindo novamente quando pensava estar livre.

Mas ele não tem força para resistir.

Estupidez consciente, arrependimento instantâneo.

Mas agora está correndo em suas veias, veneno que já não possui efeito.

E ela repete tropeços antigos.

Será tão fraca, enquanto não olha para nada ao redor?

De que adianta andar quilômetros para voltar ao mesmo lugar?

É tão difícil que eles se encontrem na mesma estrada!

Frente a frente separados por um tabuleiro, enquanto suas vidas se esgotam.

Esperando e esperando, enquanto o tempo escorre pelos dedos.

Sem erro algum, mas também sem qualquer acerto.

Empate e impasse, dor no estômago.

Olhos abertos, vagando sem sair da cama.

Paralisia, sempre de volta ao ponto inicial.

...............................................................
Participe da campanha de doação de medula óssea e concorra a uma camiseta e um dvd oficiais do Inter. Mais informações em: http://dilemascotidianos.blogspot.com.br/2013/08/campanha-de-doacao-de-medula-ossea.html

quinta-feira, 29 de agosto de 2013

Casinha de boneca

Traga-me mais um copo.

Estou buscando minha adequação.

Eles buscaram a mediocridade, também posso tentar.

Somente assim poderei aguentar isso.

Desejando que o fim chegue logo.

Você sabe o que procura, apenas insignificâncias.

É muito mais simples, é muito mais fácil.

Casinha de boneca, brincando e brincando.

Assim é que se perde o brilho.

Dias iguais são um objetivo tolo.

Mas você pelo menos consegue fingir felicidade.

É muito mais simples, é muito mais fácil.

..................................................
Participe da campanha de doação de medula óssea e concorra a uma camiseta e um dvd oficiais do Inter. Mais informações em: http://dilemascotidianos.blogspot.com.br/2013/08/campanha-de-doacao-de-medula-ossea.html 

quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Ontens, hojes e amanhãs

As nuvens foram embora mais uma vez.

Para sempre, ou só até amanhã?

Não sei, e é melhor assim.

Ainda que o céu não esteja azul o suficiente, ele é o meu alento para seguir.

Tantos foram os ontens que me feriram.

Muitos hojes permaneceram vazios e sem respostas.

E quantos foram os amanhãs que me frustraram? 

Estou optando por esta ignorância condenável, mas que não me afunda na lama.

Não há sonhos na escuridão.

Então me leve e apenas me abrace.

No meio de tantas mentiras, aponte-me a verdade.

Ajude-me a fazer alguma coisa certa, pois cansei de errar.

Diga-me que no horizonte há alguma esperança.

Pois é apenas disso que estou precisando.

Renascer, sentir-me vivo novamente.

Rasgar meu peito, e tirar a placa de ferro que coloquei tempos atrás.

E ser um palhaço feliz, que ama sem medo de chorar.

......................................................................................
Participe da campanha de doação de medula óssea e concorra a uma camiseta e um dvd oficiais do Inter. Mais informações em: http://dilemascotidianos.blogspot.com.br/2013/08/campanha-de-doacao-de-medula-ossea.html   

terça-feira, 27 de agosto de 2013

150613

Olá, gostaria de dizer que hoje acordei feliz.

O sol bateu em meus olhos e refleti, banhado em luz.

Quero compartilhar isso com você.

Olá, gostaria de dizer que hoje acordei triste.

Choveu muito e o céu estava carregado.

Quero compartilhar isso com você.

Olá, gostaria de dizer que hoje acordei entediado.

O espelho era tv em câmera lenta.

Quero compartilhar isso com você.

Olá, gostaria de dizer que hoje acordei com sono.

Voltei logo para a cama, abraçado pelas cobertas.

Quero compartilhar isso com você.

........................................................
Participe da campanha de doação de medula óssea e concorra a uma camiseta e um dvd oficiais do Inter. Mais informações em: http://dilemascotidianos.blogspot.com.br/2013/08/campanha-de-doacao-de-medula-ossea.html   

domingo, 25 de agosto de 2013

Ossos triturados

Mar calmo me afogando lentamente.

Te vejo, não reajo, apenas penso.

Fugindo de mim mesmo e do que estou sentindo agora.

Longe, você está tão próxima.

E tento quebrar a maldição, antes que você me esqueça.

Estou sendo consumido, levado para as profundezas.

E se você não me vê, o que me sobra?

E se mais uma vez eu não conseguir, o que devo fazer?

Esperando e esperando.

Amanhã ou depois...

Mês que vem...

Ano que vem...

Ou na próxima encarnação...

Não, eu não pedi por isso.

E a tortura parece não ter fim.

Triturando meus ossos, esmagando meu coração.

........................................................
Participe da campanha de doação de medula óssea e concorra a uma camiseta e um dvd oficiais do Inter. Mais informações em: http://dilemascotidianos.blogspot.com.br/2013/08/campanha-de-doacao-de-medula-ossea.html 

Enfado

Eu não quero mais isso.

Não, não quero mais.

Cale-se agora.

Cale-se, por favor.

Você está se divertindo?

Você está chegando onde quer?

Você ainda não está satisfeito?

Tão grande, tão nada.

Tanto esforço, tanto vazio.

Eu não me interesso.

Eu não consigo.

Não, eu não me interesso.

E quero fugir.

E quero esmagar.

E quero ver o desaparecimento.

Estou morrendo, e o tempo está passando.

Estou morrendo, e nunca vai acabar.

Estou morrendo, e quero apenas descansar.

.................................................................
Participe da campanha de doação de medula óssea e concorra a uma camiseta e um dvd oficiais do Inter. Mais informações em: http://dilemascotidianos.blogspot.com.br/2013/08/campanha-de-doacao-de-medula-ossea.html

sábado, 24 de agosto de 2013

Provocação

Sala fechada, mentes abertas.

Eu estava rindo e incomodando.

Eram coisas tão incompreensíveis.

A ignorância tocou as almas.

Deixe-me fazer barulho!

Já estamos perdidos, destruindo nossos corpos.

Aqueles animais realmente pensam ou sentem?

Eu quis apenas provocar, e incendiar a cidade.

Mas eles não conseguem entender.

..............................................................
Participe da campanha de doação de medula óssea e concorra a uma camiseta e um dvd oficiais do Inter. Mais informações em: http://dilemascotidianos.blogspot.com.br/2013/08/campanha-de-doacao-de-medula-ossea.html

sexta-feira, 23 de agosto de 2013

Dentes cerrados

Ainda é cedo demais para ir embora.

À meia luz, preciso ganhar um tempo.

Fazendo de cada gesto uma banalidade a mais.

Tateando aquilo que já conheço e tanto desejo.

Meus dentes estão cerrados, preciso me esconder.

A distância entre o espetacular e o trivial é mais curta do que parece.

E então me vejo aprisionado pelo tempo.

Minutos são horas, mas isso não tem importância.

Pedaços de papel voando, pedaços de mim no lixo.

Não havia outra saída, tratei de esperar.

E agora estou atrasado.

.........................................................
Participe da campanha de doação de medula óssea e concorra a uma camiseta e um dvd oficiais do Inter. Mais informações em: http://dilemascotidianos.blogspot.com.br/2013/08/campanha-de-doacao-de-medula-ossea.html

quinta-feira, 22 de agosto de 2013

Receita pronta

Há um espaço vazio, difícil de preencher.

Tudo deve ser medido, exigindo-me exatidão.

Nunca soube fazer isso, ainda busco a fórmula.

Acrescente isto, coloque aquilo.

Receitas prontas são difíceis de seguir.

Mas todos odeiam o que foge ao entendimento.

Quando nem eu mesmo compreender, será o momento em que estarei acertando.

E aí me pergunto o sentido de tanta exatidão, deste acerto que não me diz nada.

Talvez seja melhor continuar errando.

......................................................................
Participe da campanha de doação de medula óssea e concorra a uma camiseta e um dvd oficiais do Inter. Mais informações em: http://dilemascotidianos.blogspot.com.br/2013/08/campanha-de-doacao-de-medula-ossea.html

quarta-feira, 21 de agosto de 2013

Prisão e liberdade

Há um novo objetivo, uma nova luz.

Não, não, é mentira.

Você quer apenas permanecer sendo mais um.

Colecione almas, conheça todos os sabores.

Não, você nunca vai se enjoar de nada.

A contagem só cresce, e você permanece no mesmo lugar.

O medo vence a vontade, há riscos que devem ficar guardados para nunca mais.

Então você se preserva num copo, tocando tudo e se mantendo intocável.

Escolhendo a prisão segura em detrimento de uma liberdade incerta.

Talvez o mergulho ajude tudo a mudar, mas é difícil decidir.

Apenas faça o que quiser, mas não se arrependa.

Apenas não faça nada, mas não se lamente.

Há muito tempo para desperdiçar, mas isso não significa que a inércia lhe ajudará.

...................................................................................................
Participe da campanha de doação de medula óssea e concorra a uma camiseta e um dvd oficiais do Inter. Mais informações em: http://dilemascotidianos.blogspot.com.br/2013/08/campanha-de-doacao-de-medula-ossea.html

terça-feira, 20 de agosto de 2013

Conta-gotas

De ano em ano...

De mês em mês...

De dia em dia...

De não em não...

De quase em quase...

De dor em dor...

De queda em queda...

De esperança em esperança...

De frustração em frustração...

De decepção em decepção...

De gota em gota...

Uma hora, o copo transborda.

.................................................
Participe da campanha de doação de medula óssea e concorra a uma camiseta e um dvd oficiais do Inter. Mais informações em: http://dilemascotidianos.blogspot.com.br/2013/08/campanha-de-doacao-de-medula-ossea.html

segunda-feira, 19 de agosto de 2013

Parabéns, Sheik

Nunca simpatizei muito com Emerson Sheik, atacante do Corinthians.


Mostrou personalidade forte, e abordou bem, e com bastante simplicidade, a questão do preconceito para com homossexuais.

Ainda houve meia dúzia de idiotas uniformizados, que não devem ter nada mais importante pra fazer ou se preocupar, que foram protestar.

"Não somos homofóbicos, mas aqui não!"

"Aqui é lugar de homem!"

Não se trata de gostar ou não do que ele fez, não é este o ponto.

Eles têm todo o direito de desgostarem do gesto dele.

Mas não têm nenhum direito de lhe dizer o que deve ou não fazer.

E soa ridícula a exigência de que Emerson Sheik peça desculpas formais.

Desculpas pelo que, cara-pálida?

Consta que o Sheik não é homossexual, e muito menos o amigo da foto.

Mas, se fosse este o caso, ele teria igualmente todo o direito de beijar quem quisesse e publicar a foto que bem entendesse, pois não há crime algum naquele gesto.

Isto não o diminuiria em nada enquanto profissional e muito menos enquanto ser humano.

Aceitar as DIFERENÇAS...

Parece tão difícil, mas creiam, é extremamente fácil, simples e indolor.

Se este é o medo desses torcedores imbecis que foram protestar, desde já aviso: assim como não vão se transformar em vegetarianos se virem alguém comendo brócolis no restaurante, eles não vão se transformar em homossexuais por causa de Emerson Sheik.

Podem ficar tranquilos, e esquecer suas inseguranças.

.........................................................................................
Participe da campanha de doação de medula óssea e concorra a uma camiseta e um dvd oficiais do Inter. Mais informações em: http://dilemascotidianos.blogspot.com.br/2013/08/campanha-de-doacao-de-medula-ossea.html

sábado, 17 de agosto de 2013

Campanha de doação de medula óssea: sorteio de camiseta e dvd do Inter

Caríssimos leitores do DC,

Lancei, no Final Sports, uma iniciativa para a campanha de doação de medula óssea do Vinícius Lise, a qual eu já havia divulgado por aqui (http://asombradoseucaliptos.final.com.br/2013/08/17/campanha-de-doacao-de-medula-ossea-sorteio-colorado/). Trata-se do sorteio de uma camiseta oficial do Internacional, e um dvd original com o filme alusivo ao Bicampeonato do clube na Libertadores de 2010. Espero que, não só pelos prêmios, mas pelo gesto que pode salvar uma vida, todos aqueles que puderem façam o teste de compatibilidade de medula óssea. É um processo absolutamente tranquilo, podem ter certeza. Abaixo, seguem as orientações e regras para concorrer à camisa e ao dvd.

Como vai funcionar o sorteio?

1. Aqueles que quiserem concorrer aos prêmios devem mandar para bmellosouza@yahoo.com.br um e-mail contendo nome completo, endereço, telefone, e, em anexo, a comprovação documental legível de que fez o teste de compatibilidade para doação de medula óssea.

2. Além destes dados e do comprovante, o postulante deve indicar um número de cinco dígitos, de acordo com a sua preferência. É com este número que o postulante concorrerá.

3. Se o postulante anexar mais de um comprovante, poderá indicar mais números. Por exemplo, se apresentar três comprovações de teste diferentes, terá direito a indicar três números para concorrer. Obviamente, os nomes contidos nos comprovantes concorrem apenas uma vez, ou seja, não adianta mandar mais de um e-mail com o mesmo comprovante.

4. O envio deve ser feito até as 23 horas e 59 minutos do dia 31 de agosto de 2013. E-mails enviados após este horário não concorrerão sob hipótese alguma.

5. Os concorrentes, seus respectivos números e data/horário do recebimento do e-mail serão divulgados no Final Sports e no DC a partir do dia 1° de setembro de 2013.

5. O sorteio será baseado na extração do primeiro prêmio da Loteria Federal do dia 7 de setembro de 2013. Ganhará aquele que acertar o número sorteado. Caso ninguém acerte, valerão os quatro últimos dígitos, e assim sucessivamente, até que haja um ganhador.

6. Em caso de empate, ganhará o prêmio o e-mail recebido antes no endereço bmellosouza@yahoo.com.br.

7. Só poderão concorrer pessoas residentes no território brasileiro.

8. Abaixo, seguem orientações para a realização do teste de compatibilidade para doação de medula óssea.

Como ajudar?

O teste de compatibilidade para doação de medula óssea pode ser feito no hemocentro da sua cidade. O pré-requisito para o doador é ter entre 18 e 55 anos. No local, será coletada uma quantidade de 5 ml de sangue, pelo braço, e o potencial doador preencherá uma ficha de informações pessoais. Após isso, o sangue será tipificado por meio de exame de histocompatibilidade (HLA). Os dados serão cruzados com os dos pacientes que necessitam do transplante de medula.

Uma vez que tal compatibilidade seja encontrada, haverá a necessidade de novos exames de sangue. Se esses exames corroborarem a compatibilidade, o potencial doador será consultado para confirmar o desejo de realizar a doação.

sexta-feira, 16 de agosto de 2013

Teto

Pressione meu peito, me dê um pouco do seu tempo.

Pressione meu peito, me dê um pouco de sua atenção.

Pressione meu peito, me leve para longe.

Pressione meu peito, me jogue pela janela.

Pressione meu peito, até que eu fique cego.

Pressione meu peito, até que eu fique surdo.

Pressione meu peito, até que eu não consiga mais respirar.

Pressione meu peito, até que eu fique inconsciente.

Pressione meu peito, até que eu caia como um saco de batatas.

quinta-feira, 15 de agosto de 2013

Estrada fria e longa

Uma hora, a hora chega.

Estrada fria e longa, as placas indicam a diminuição da distância.

Andamos, sim, mas esperamos também.

O sol ressurge em meio às nuvens no final da tarde.

E este pode ser o motivo da sua angústia.

Se os tempos se alinhassem, viver seria mais fácil.

Mas estamos no limite entre a pressa e a lentidão.

Sabendo apenas que queremos chegar e descansar nossos corpos e espíritos.

A notícia é boa, o medo é bobo.

Pintando o nariz de palhaço, e todos acham graça.

De tantas vezes em que quase chegamos.

De tantos dias em que quase vivemos.

E de tantos sonhos dos quais fomos acordados na metade.

quarta-feira, 14 de agosto de 2013

Velharias

O mundo lá fora está explodindo.

É muito barulho em meus ouvidos, mas preciso de silêncio.

Estou procurando apenas um jeito de não dizer nada.

Estou tentando apenas não estragar esse dia.

É melhor ir guardando as velharias.

É sempre melhor não se expor.

E se tudo permanecesse uma porcaria, seria o menor dos males.

Mas em algum momento direi algo.

Talvez amanhã ou na próxima década.

Balas perdidas atingem inocentes.

Mas não posso desperdiçar as minhas entranhas, tão bonitas e poéticas.

Então todos verão que faz muito, muito tempo.

Então todos verão que falo apenas de cadáveres.

E ninguém precisará morrer por causa disso.

terça-feira, 13 de agosto de 2013

Dentadura no copo d'água

A pele dele está vermelha do sol.

Ela está enrugada e flácida pelo tempo.

Mas você ainda precisa de alguma vantagem daquele velho pedante.

Vá ao banheiro antes do próximo programa.

Eu sei que você pode, enfie o dedo na garganta pra facilitar, garota.

Deixe-se invadir, deixe-se morrer mais um pouco.

Seu corpo é a porta do paraíso, ele tem o cartão, ele destrava quando quer.

Oh, mas ele não consegue levantar!

Oh, segure o riso, isso é tão indelicado!

Oh, ele comprou o seu lugar no céu e deve desfrutá-lo!

As coisas ficam mais nítidas quando tiramos as lentes da sanidade.

E ele está feliz, veja o sorriso.

E ele está contente, olhe a dentadura no copo d'água.

E ele está em suas mãos, apreciando todas as bobagens.

Oh, isso tudo é mentira!

Oh, ele é tão ingênuo!

Oh, ele apenas é feliz!

Não, eu nunca disse isso.

Não, não é o que parece.

Não é apenas coincidência.

Ops, não era isso, desculpe-me.

Agora sim, com tudo no lugar, prepare-se para a frase correta.

Não, é apenas coincidência!

segunda-feira, 12 de agosto de 2013

Purgatório

Gelo fino no chão e nas veias.

Alguns dias são realmente um desperdício de tempo e paciência.

Jogando-se do precipício em busca de uma visão inédita.

As boas novas estão banhadas no mesmo sangue sujo.

Nós somos a mesma coisa, e não sabemos o que estamos fazendo aqui.

Esperanças são cubos derretendo em nossas mãos, escorrendo pelos dedos.

Você pensou estar livre, mas apenas trocou de dono.

E não poderá dormir bem enquanto lembra das coisas que não aconteceram.

E não poderá descansar enquanto projeta um destino que já está selado.

Porque tudo é tão igual e previsível.

Porque os sonhos não passam de uma farsa que lhe mantém aqui.

Sendo sugado, mais um pouco.

Sendo absorvido, só mais um pouco.

E sendo descartado, apenas mais um pouco.

Porque tudo é tão igual e previsível.

Porque você não leva jeito para ser mais um.

Tão bom, conquistando tudo o que não precisa.

Este é o seu céu e o seu inferno.

E este é o seu purgatório que nunca termina.

sábado, 10 de agosto de 2013

Pequena Miss Sunshine

Nunca havia me interessado por assistir a "Pequena Miss Sunshine". Não sei exatamente o porquê. Mas hoje veio a calhar de o filme estar passando na tv, e resolvi dar uma olhada. E lhes digo, não me arrependi.

"Pequena Miss Sunshine" é anos-luz melhor, mais profundo e inteligente do que eu imaginava que pudesse ser. E, ao mesmo tempo em que tem seus elementos de reflexão, o faz de maneira leve, divertida. É o tipo de filme que faz o espectador, ao seu final, sentir-se feliz.

Nele, são tratados temas interessantíssimos e sempre atuais, como crises familiares, suicídio, isolamento, medo de rejeição, competitividade e padrões estéticos.

O filme tem personagens com luz própria, personalidades que flutuam entre o clichê e o instigante, e que fazem o espectador envolver-se na trama, aparentemente bobinha: um pai de família que é um perfeito idiota, dividindo o mundo em "vencedores" e "perdedores"; um irmão mais velho isolado e auto-apartado dos parentes; um tio homossexual e suicida; um avô desbocado, machista, preconceituoso, mas que no fundo possui bom coração; e uma mãe que tenta manter a estabilidade em meio a todo este ambiente. E, claro, cabe destacar a personagem principal, a pequena Olive (Abigail Breslin), absurdamente carismática e encantadora. 

Com certeza, "Pequena Miss Sunshine" não se encontra na lista dos maiores filmes que vi na minha vida. Mas é, indubitavelmente, um dos muito bons filmes que já assisti. Ao oscilar entre o drama e a comédia, faz refletir sem tornar-se pesado e angustiante. Àqueles que até hoje não viram (como no meu caso), recomendo consistentemente. Vale a pena.

sexta-feira, 9 de agosto de 2013

2043

Janeiro de 2043.

Alberto Noronha recém havia sido empossado como Presidente da República.

Tinha uma carreira política brilhante e ascendente.

Chegara ao ápice, nos braços do povo.

75% dos votos, eleito em primeiro turno, esmagadora e inquestionavelmente.

Sentou-se à mesa presidencial, acendeu um charuto, e pediu os jornais, para não apenas ler, mas apreciar, degustar as manchetes e notícias sobre a sua pessoa.

Ao folhear, deparou-se com uma charge, que o apresentava com nariz e orelhas avantajados.

Seus olhos marejaram, e a voz embargou, enquanto era observado pelos seus assessores.

Saiu correndo, chorando, com as mãos cobrindo o rosto.

E anunciou a renúncia ao cargo.

Não podia suportar tamanho bullying.

quinta-feira, 8 de agosto de 2013

Dose errada

Eu menti que iria para a escola.

Tudo que eu podia fazer era ser livre.

E ficar na rua apodrecendo com os mendigos.

Cantando obscenidades para que todos ouvissem.

Falando da minha sanidade e dos remédios que não posso tomar.

Eu sabia como entender os ruídos.

Eu sabia como era estar em meio ao caos interior.

Cheiro de álcool e pus, intimidade criminosa e indesejável.

Perdendo tudo com um sorriso no rosto.

Desmoronando enquanto gargalhava.

"Não era nada", errei na dose.

"Não era nada", entrei em overdose.

Observe-me, estou me dissipando.

Despeça-se, pois agora estou voando para longe, muito longe...

quarta-feira, 7 de agosto de 2013

Obviedade

Eu havia descoberto a cura.

Eu era um novo cientista bem-sucedido, e ganharia o Nobel.

Mas era mentira, a hipótese foi refutada.

Era mentira, e continuo recolhendo lixo do chão.

Sem saída, sem efeito.

Com a doença permanecendo, dor e mal-estar crescentes.

Eu precisava de uma amiga, mas estava sozinho.

Eu precisava de um amigo, mas estava me divertindo.

Poderia ser mais adequado, sei que poderia.

E fingir que não me importo, sim, eu poderia.

Mas preferi tirar a máscara.

O que aconteceria depois era uma obviedade.

Desafiei os limites, tentando me enquadrar.

Sempre erro, mas não vou me desculpar.

A ferida aberta ardeu, e tive vontade de gritar.

Mas permaneci quieto, porque não tive reação.

Baixei a cabeça e fui embora.

Sempre vou embora...

segunda-feira, 5 de agosto de 2013

Fugacidade

Sobrevoando as colinas.

Desbravando horizontes.

Encontrando tesouros de mentira enterrados na areia.

Somos feitos de coisas que se desmancham facilmente.

Gravando e deletando sons e imagens.

Não parecia tão fácil.

Mas estamos mais livres.

Somos feitos de coisas que se evaporam.

Nossas mentes estão em sintonia com algo maior, que nos transcende e nos atravessa.

Anjos também são demônios, disputando espaço, poder e migalhas.

Fazendo coisas desinteressantes para satisfazer o ego.

Somos feitos de carne e osso, prontos para decompor nossos corpos enquanto brindamos.

Mas algumas pessoas acreditam ser muitas e muitas vezes mais importantes do que realmente são.

domingo, 4 de agosto de 2013

Verde no branco

A noite está no meio.

Estamos longe de terminar.

Os sentidos estão mais aguçados, pare, ouça, veja, fale.

Tudo é genial e estúpido, mas tudo nos diverte.

Então é verde no branco, diluindo com calma.

Traga mais chocolate, e isso ficará mais doce.

Traga mais fogo para que acendamos novas esperanças.

E vamos rir, e rir, e rir.

Talvez o sol não volte, mas está bom assim.

Vamos apenas rir, e rir, e rir.

E se estamos lacrimejando com os dentes arreganhados, é porque estamos felizes.

Então vamos apenas rir, e rir, e rir...

sábado, 3 de agosto de 2013

Conserve!

Conserve! Conserve!

Balance a cabeça negativamente.

Conserve! Conserve!

Resgate palavras empoeiradas na estante.

Conserve! Conserve!

Julgue logo o que você não entende.

Conserve! Conserve!

Chame os seus amigos, dite as regras, corte cabeças.

Conserve! Conserve!

Você tem sede de sangue, e você será salvo.

Conserve! Conserve!

Sacrifique a vida em nome de velhas mentiras.

sexta-feira, 2 de agosto de 2013

Doação de medula óssea

Muitas e muitas pessoas, no Brasil e no mundo, diariamente lutam contra a leucemia. Essas pessoas contam, acima de tudo, com a solidariedade de outros seres humanos, que se disponham a oferecer suas medulas. Um jovem chamado Vinícius Lise está passando por este desafio. Ele é sobrinho do meu padrinho, e está, com muita alegria e bravura, encarando esse momento da sua vida. 

O amigo leitor do DC pode ajudar nessa empreitada. Pode, com um gesto, ajudar a salvar uma vida. Por isso, peço a sua atenção para o procedimento de teste e doação de medula óssea. Você pode trazer mais esperança e alegria para o Vinícius e todas as outras pessoas que estão encarando esse adversário chamado leucemia.

Como ajudar?* 

Pois bem, o teste de compatibilidade para doação de medula óssea pode ser feito no hemocentro da sua cidade. O pré-requisito para o doador é ter entre 18 e 55 anos. No local, será coletada uma quantidade de 5 ml de sangue, pelo braço, e o potencial doador preencherá uma ficha de informações pessoais. Após isso, o sangue será tipificado por meio de exame de histocompatibilidade (HLA). Os dados serão cruzados com os dos pacientes que necessitam do transplante de medula.

Uma vez que tal compatibilidade seja encontrada, haverá a necessidade de novos exames de sangue. Se esses exames corroborarem a compatibilidade, o potencial doador será consultado para confirmar o desejo de realizar a doação.

Peço aos leitores do DC que puderem ajudar, que façam esse gesto humano, bonito. Ajudem não só o o Vinícius, mas todos aqueles que estão bravamente lutando, a vencer este adversário. A página da campanha de doação dele é https://www.facebook.com/pages/Doe-Medula-%C3%93ssea-Campanha-Vinicius-Lise/150012618529440?fref=ts

Ao Vinícius, desejo força, perseverança e esperança. Ele pode, e vai vencer.

.Um fraterno abraço a todos.

*Informações fornecidas por Fernanda Lise, enfermeira e tia do Vinícius.