domingo, 7 de julho de 2013

Tristeza: Mercado Público em chamas

2013 tem sido um ano de duros golpes no Rio Grande do Sul.

Em janeiro, a tragédia de proporções assustadoras da boate Kiss, que vitimou centenas de vidas em Santa Maria.

Agora, o fogo que tomou conta de um patrimônio histórico de Porto Alegre, o Mercado Público.

Felizmente, nínguém morreu.

Mas há, sim, uma vítima: a história da cidade.

O Mercado faz parte da vida de todos os porto-alegrenses.

Quem nunca tomou ao menos um café por lá?

Quem não tem uma lembrança, ao menos, daquele lugar tão importante, vivo, peculiar?

O Mercado Público é parte do cenário de Porto Alegre.

É impossível imaginar o cotidiano da capital gaúcha sem a presença do Mercado, da sua energia, das suas histórias.

Com as chamas, se vai junto um pouquinho da vida de cada pessoa que já viveu momentos lá dentro.

Um pedaço de mim queimou junto, naquele fogo imenso e deprimente.

Porto Alegre dormiu perplexa no dia de ontem.

E acorda em luto no dia de hoje.

Resta a tristeza.

Resta lamentar profundamente.

Nenhum comentário: