quinta-feira, 4 de julho de 2013

Estrela

A manchete foi amplamente divulgada.

Agora você é uma notícia espalhada.

A plateia delira com mais um solo sem vida.

E você está tão feliz!

Diga-me o que cantar.

Diga-me o que sentir.

Diga-me o que pensar.

E diga-me como pensar.

Faça o que se espera.

Traga mais uma pílula.

Eles estão babando.

E se eu sentir vontade de vomitar, você tem uma sacolinha?

E se eu sentir vontade de cuspir, para onde devo ir?

Defeque mais regras.

Traga-me mais verdades universais.

Não tenho nenhuma razão.

Estou fora do jogo.

Apenas não fique entediado demais.

Faça algo que valha a pena, ou mais algum dinheiro e prestígio.

E que a luz não canse seus olhos.

E que os gritos histéricos não cansem seus ouvidos.

E que os tapinhas nas costas não estraguem seus nervos...

Nenhum comentário: