segunda-feira, 27 de maio de 2013

Que horror!

Que horror, meu Deus, que horror!

Pobres mulambentos adentrando a universidade! Não sabem se colocar nos seus devidos lugares!

Que horror!

Família de crackeiro recebendo dinheiro do governo para o tratamento! Drogado pobre não é gente e não merece chance de recuperação! Crackeiro não tem alma! Só meu filhinho... Ele, sim, tem uma alma cristã e merece um rehab na clínica que eu pago! Atropelou uns pés-rapados depois da rave no ano passado, mas foi só um deslize... E... Bom... Eram pés-rapados, mesmo! Mas isso não tem importância! O que é um acinte é essa história de drogado pobre!  

Que horror, meu Deus, que horror!

Famílias inteiras da periferia tornando-se milionárias com o Bolsa Família, arrancando sem dó nem piedade o couro do contribuinte que tanto sua para fazer esse país andar! Nas últimas férias, tive de passar uma semana a menos em Paris! Nunca antes na história deste país fomos tão brutalmente explorados! Pobre classe média!

Que horror!

Pobre comprando carro! Pobre andando de avião! Pobre jantando no restaurante mais chique que frequento com cupom do Peixe Urbano! Não sabem nem como pegar os talheres com finesse e de acordo com a minha requintada etiqueta!

Que horror, meu Deus, que horror!

É Lula no NY Times e FHC no Esquenta! O que é isso? Tem algo errado! Está tudo errado!

Que horror! 

Mulheres de peito de fora, marchando para que eu não tenha o meu legítimo direito de desrespeitá-las! É um abuso, um atentado contra os bons costumes! Peito de fora só pode quando me masturbo de madrugada na frente do computador enquanto minha boa esposa dorme com os anjos! Fora isso, é ato despudorado, desavergonhado! Um desrespeito à instituição família! 

Que horror, meu Deus, que horror!

Malditos seres humanos com essas frescuras, essas intenções utópicas e bobas de serem tratados como seres humanos!  

Que horror!

E os comunistas estão chegando para a Revolução de 2014! Vai ser durante a Copa, só não vê quem não quer! Neymar vai pegar em armas e chamar o povo às ruas! Os agentes cubanos receitarão charutos para curar a asma das criancinhas! Socorro! É a ditadura do proletariado! 

Que horror, meu Deus, que horror!

Vou rezar para Santa Thatcher! Talvez ela me leve para um local melhor do que esse! Um lugar lindo onde eu possa destilar meus ódios e preconceitos mais mesquinhos sem ser incomodado por essa gente chata! Um paraíso onde eu possa torturar gays, estuprar vadias e matar gente inferior a pauladas sem precisar ficar olhando pros lados, com medo de ser pego desprevenido a qualquer momento! 

Leve-me, Deus! Salve-me, lhe imploro! Isso tudo é um pesadelo! Que horror! Que horror, meu Deus, que horror!

3 comentários:

Diego D' Avila disse...

F O D A

Aqui você capta como exatamente é o pensamento da classe média nojenta brasileira.

Você manda muito bem Bruno. Compartilho muito de seus pensamentos. Abraços, do amigo Diego.

Diego D' Avila disse...

Ah, não precisa publicar este. Mas é uma dica, claro, se quiser. Tira as letrinhas de confirmação, chatiiiiinhas, rs. Abração.

Bruno Mello Souza disse...

Diegão, muito obrigado pela participação, mais uma vez.

É sempre bacana ler os teus comentários.

Quanto as letrinhas, tentei liberar uma época, mas aí começaram a entrar spams com links suspeitos, e optei por retomá-las.

Abração.