sábado, 4 de maio de 2013

Mais uma vez

Acordou-se mais uma vez.

Para que tudo fosse melhor.

Para que tudo fosse diferente.

Encheu-se de esperanças de que um pouco de sol tocasse sua janela.

Talvez tivesse chegado sua vez.

Mas o tempo estava nublado.

E choveu.

Faltou vida, faltou luz.

Mais uma vez, sua vez não chegou.

Mais uma vez, sua vez ficou para a próxima vez.

Como sempre.

4 comentários:

Ale Marques disse...

Esse texto foi pra mim? rs
ultimamente me vejo assim.

parabéns pelo blog!
---------------
Se der passa lá no meu.
É sobre minhas artes: caricaturas, ilustrações, etc.

http://aleartdigital.blogspot.com.br/


UM ABRAÇO.

Bruno Mello Souza disse...

Obrigado pela visita, Ale!

Estás convidado a voltar mais vezes ao DC.

Com certeza visitarei o teu blog.

Abraços.

B. disse...

Tenho este sintoma, muitas vezes. A frustração me persegue e me detona :/ Acho que devo parar de criar expectativas.

Bruno Mello Souza disse...

B., tu és uma menina extremamente talentosa e inteligente. Uma hora, a frustração vai se transformar em alegria, tenta acreditar nisso.

Um grande beijo.