terça-feira, 26 de março de 2013

O jantar (parte 2)

Cristian e Gilberto tocaram a campainha de sua tia, Tereza, pontualmente às nove da noite, como havia sido combinado.

Ela demorou para atendê-los.

Quase cinco minutos.

Quando os rapazes estavam desistindo e dando meia volta, ouviram passos rápidos, um tanto desesperados,  de quem corre com alguma dificuldade, vindo de dentro da casa.

Tereza abriu a porta, de pijama, e demonstrou alguma surpresa:

Tereza: - Meninos? Oi...?
Cristian: - Oi, tia... Er... Viemos para o jantar... Er... A senhora não esqueceu, né? Porque... Tudo bem... Pode ficar pra uma próxima...
Tereza: - Esquecer? Eu?! Claro que não! Nós combinamos, sim! Óbvio que me lembro! Pfff... Acham mesmo que eu iria esquecer? Só estava arrumando umas coisinhas pra receber vocês! Imaginem se eu iria esquecer!
Gilberto: - Tá certo, então...
Tereza: - Entrem, entrem! Não reparem na bagunça! Só vou tomar um banho e já venho! Vamos jantar! Isso! Vamos jantar! Sentem-se aqui na sala! Esse cobertor aqui... Deixa que eu levo pro quarto... Fiquem à vontade! Já venho! Já venho, certo?

(Continua...)

2 comentários:

Patryck Leal Gandra disse...

E aê beleza?!

Deixei para ler na sequencia. Mal posso esperar para ler a parte 3.

Abraços.
Coluna do Patryck: Tecnologia junto aos árbitros no futebol, seria uma boa?
http://fcgols.blogspot.com.br/2013/03/coluna-do-patryck-tecnologia-junto-aos.html

Bruno Mello Souza disse...

Opa, fez bem!

Abraços!