sábado, 23 de março de 2013

Lugar no mundo

Ele era um cara sem chão.

Tinha muitas dúvidas sobre a vida, sobre aqueles que o cercavam, e sobre ele mesmo.

Não conseguia existir sem ter respostas.

E a falta delas o incomodava.

Buscou seu chão sem sucesso.

Resolveu, então, desaparecer sem ninguém notar.

Não achou o seu lugar no mundo.

E não se deu conta de que o mundo era o seu lugar.

2 comentários:

B. disse...

Não nos encaixarmos neste mundo ou nas circunstâncias da vida, nos faz perder o rumo. Contudo, as vezes não nos abrimos para que possamos nos encaixar, e aí pensamos que o melhor a se fazer é dar um fim em tudo. Só depois, vem o arrependimento, quando não tem mais volto.
Texto melancólico, eu gosto!

Bruno Mello Souza disse...

Oi, B.!

Muito obrigado pelo comentário!

É sempre muito bom te receber por aqui!

Beijos.